Um lugar bem longe daqui | Delia Owens

by - outubro 28, 2019


Esta foi uma das histórias mais bonitas que li este ano. Delia Owens conseguiu colocar em palavras tanta melancolia, amor e inocência que foi impossível não se apegar a Kya e, com isso, sentir suas angústias, sua solidão e, sobretudo, sua paixão pela natureza e por tudo que habita o brejo.

A premissa é triste já que se centra nesta personagem, Kya, uma garota que vive sozinha em uma cabana no meio do brejo depois de ser abandonada por toda a sua família. Mas este não foi um livro que me deixou triste, pelo contrário, eu me conectei tanto com esta personagem e com sua forma de amar e de enxergar o mundo que fui transformada por suas experiências.

A menina do brejo, como era conhecida na cidadezinha próximo ao seu lar, era arisca e diferente, ou seja, uma isca fácil para se jogar a culpa por um assassinato que ocorreu no local. Tudo e todos indicam que ela é culpada, exceto que não há provas para confirmar o ato. E é assim, em meio a este turbilhão de sentimentos encontrados, que mergulhamos neste profundo questionamento sobre como Kya irá se defender de todos os preconceitos da população e resgatar sua própria vida.

Como já disse, há uma delicadeza ímpar nas palavras de Delia Owens e dentro de toda a simplicidade desta história, ela conseguiu amarrar e resgatar tantos questionamentos, como o machismo e o racismo presentes nos Estados Unidos em meados dos anos 60, que me fez, por diversas vezes, parar a leitura para refletir. 

Recomendo muitíssimo a todos aqueles que amam encontrar nos livros um refúgio. Esta é uma história que me abraçou e que tenho certeza que irá agradar um público bem eclético, já que encontramos de romance a suspense em suas páginas.

You May Also Like

0 comentários