Boy Erased - Uma verdade anulada | Garrard Conley

by - fevereiro 01, 2019


Quando este livro chegou em minhas mãos eu não tinha o mínimo de conhecimento sobre como ele me afetaria e o quanto eu me apegaria a esta história. Para começar, eu não fazia ideia de que estava diante de uma não ficção e como não sou uma leitora desse gênero, foi ótimo não ter esse pré julgamento.

Boy Erased conta a própria história do autor. Garrard narra acontecimentos desde o início de sua adolescência e a descoberta de sua sexualidade até os momentos terríveis que ele viveu quando passou pela organização Amor em Ação, uma espécie de retiro que prometia a cura gay.

No começo da narrativa eu fiquei um pouco perdida já que as memórias do autor são misturadas e isso fez com que eu sentisse que a leitura estava arrastada, mas logo me acostumei e me familiarizei com os personagens que fizeram parte do antes da AEA, dos amigos dele da faculdade e daqueles que estavam com ele na AEA.


Garrard vive momentos horripilantes e vai narrando de uma forma que entrou no meu coração e a cada parágrafo eu sentia mais e mais vontade de estar perto dele e me colocar como apoio. Ele foi criado dentro dos ensinamentos da Igreja Batista, inclusive seu pai era pastor, e seu relacionamento com Deus é totalmente abalado por conta da própria Igreja que molda um Deus carrasco e totalmente castigador. 

Este, com certeza, é um livro que não veio para passar a mão na cabeça das pessoas que seguem doutrinas, seja ela qual for, sem questionar os próprios atos. Boy Erased me fez refletir não só quanto a homossexualidade posta como pecado, mas como a Igreja por destruir vidas quando o seu objetivo era para ser o de construção. Terminei o livro engasgada e sentindo muito por todas as pessoas que em momentos desesperadores não conseguiram estar mais aqui para contar suas histórias, para levantar suas vozes contra esses absurdos.

A história desse livro se passa, quase em sua totalidade, no começo dos anos 2000, mas sabemos que ainda hoje, quase vinte anos depois, muitos de nós cremos que podemos fazer todos os seres humanos pensarem da mesma forma. Assim como a AEA destruiu muitas vidas, ainda temos hoje organizações que prometem a anulação da vida disfarçando-a como cura gay.

You May Also Like

0 comentários