Movie | Isle of Dogs

by - janeiro 23, 2019


Começando a temporada Oscar 2019 por aqui com um filme que acabei de assistir e senti muita necessidade de escrever sobre ele.

Isle of Dogs (Ilha de Cachorros) conta a história de Atari Kobayashi, um garoto japonês de 12 anos que vive em Megasaki, sob a tutela do seu tio e prefeito corrupto da cidade. O filme já começa mostrando que por conta de uma gripe, o prefeito assina um decreto que proíbe a permanecia de cachorros no território e os envia para um exílio, uma ilha vizinha que também recebe todo o lixo produzido pela cidade. Porém, o pequeno não aceita o decreto e resolve ir até a ilha em busca do seu fiel companheiro.

O filme conta com a direção de Wes Anderson, mesmo diretor de Moonrise Kingdom e The Grand Budapest Hotel, e apesar de não possuir as cores fortes que estão presentes nos outros filmes do diretor, Ilha de Cachorros possui alguns elementos que me fez sentir uma familiaridade.






A história começa um pouquinho lenta, mas rapidamente ganha um ritmo ótimo que me fez torcer o tempo todo para que tudo desse certo. Além disso, eu consegui refletir muito sobre as possíveis analogias que é possível fazer com essa história, como por exemplo, o governo autoritário, o fato dos seres humanos se deixarem levar bem fácil, a mídia influenciadora e, até mesmo, uma leve crítica contra o consumo de animais.

Outra coisa que me chamou muito atenção nesse livro foi a força da personagem Tracey. Ela é uma garota estrangeira vivendo no Japão e faz de tudo para demonstrar o quanto a expulsão dos cachorros está errada. Ultimamente eu tenho sido bombardeada por personagens que se dedicam a escrever e eu estou começando a achar que isso é um sinal do universo para que eu desenterre um sonho e o faça realidade. Adorei esse despertar que senti através da personagem e confesso que já estou torcendo por ele no Oscar 2019. Mas, vamos ver se depois de ver as outras animações eu continuo com a mesma opinião.

You May Also Like

0 comentários